Chegam novos aviões da Azul com pinturas da bandeira do Brasil

Essa semana, a Azul recebe os novas aeronaves, como o Airbus A321neo, batizado de “Bandeira Azul”, e o ATR 72-600, o “Brasileirinho”, ambas com pinturas em homenagem à bandeira nacional





O novo Airbus A321neo Bandeira Azul

A Azul recebeu nesta semana quatro novíssimas aeronaves que reforçarão uma das mais diversificadas frotas de aeronaves em todo o mundo. São três novos ATR 72-600 e um Airbus A321neo, que saem respectivamente de suas fábricas em Toulouse, na França, e em Hamburgo, na Alemanha, para ganhar os céus do Brasil.

Outra novidade da frota ATR, o Brasileirinho

Desses novos modelos, o Airbus A321neo, que recebeu o nome de “Bandeira Azul”, e um dos ATR, que foi batizado como “Brasileirinho”, carregam em si a já conhecida pintura da Azul em homenagem ao Brasil. Eles completam a frota da empresa com esse padrão de pintura já que, agora, cada família de avião ganha um equipamento ostentando a bandeira nacional, se juntando aos já conhecidos Airbus A330-200 “Nação Azul”, Embraer E1 “Brasil” e Cessna Caravan “Azul Brasil”.

“Estamos dando continuidade à nossa renovação de frota ao mesmo tempo em que enaltecemos a importância do Brasil e dos brasileiros em nossas operações. Nós conectamos esse país como ninguém e essas pinturas especiais promovem o orgulho nacional e nosso constante incentivo ao turismo dentro do Brasil”, diz John Rodgerson, presidente da Azul. “Tenho falado muito que os brasileiros tem que conhecer seu próprio país e espero avançarmos cada vez mais nessa direção. Temos pessoas incríveis e belezas naturais por toda a nossa extensão territorial e espero que cada um que veja nossas aeronaves, seja em solo ou no ar, sinta orgulho de ser brasileiro”, completa Rodgerson.

As aeronaves ATR pousaram dia 27 de dezembro no aeroporto internacional de Belo Horizonte e o AirbusA321neo deve chegar até o fim da semana em BH, onde realizarão o processo de desembaraço alfandegário para que, dentro de alguns dias, possam ser incorporadas à malha da companhia.