Sagrado Mar traz o litoral para Brasília

Restaurante Sagrado Mar traz o litoral para Brasília, com receitas criativas à base de frutos do mar do chef peruano Marco Espinoza

fotos Inove Aceleradora





O chef Marco Espinoza

Localizada no Centro-Oeste do País, Brasília fica, no mínimo, mil quilômetros distante da praia mais próxima. Desde setembro passado, porém, o oceano – e seus deliciosos frutos – ficou mais pertinho dos brasilienses, quando o restaurante Sagrado Mar abriu suas portas no Lago Sul. O nome já entrega: o menu é baseado em pescados, crustáceos e moluscos marinhos, com receitas criativas, preparadas na brasa e servidas em ambiente com uma pegada arejada e industrial.

A criação dessa consagração marinha é obra do premiado chef peruano Marco Espinoza, que também comanda a cozinha do restaurante vizinho, o Taypá, casa de culinária andina dos mesmos sócios do Sagrado Mar, os irmãos Antônio e Ivone Carvalho. Espinoza, aliás, deve abrir este mês sua terceira casa em Brasília, o Cantón Peruvian & Chinese Food, especializado em cozinha chifa, uma fusão das culinárias chinesa e peruana.

A ideia do Sagrado Mar é aproximar os sabores do mar do calor das chamas: grande parte dos itens do cardápio é preparada na brasa, conferindo um particular aroma defumado a diversas receitas. Começando pelos deliciosos pães servidos no couvert, assim como alguns legumes que compõem as receitas, como cebolas e berinjelas, e os únicos dois pratos à base de carne vermelha do menu, bife de chorizo e ancho – uma concessão do chef para clientes que não apreciam comida marinha.













Nas entradas, há sugestões inspiradoras, como o sanduíche de ostras crocantes com maionese de curry e as vieras na brasa com molho branco de limão, gratinadas com pão ralado. Entre os principais brilham os pescados que passam pela brasa, como o polvo com chimichurri e batatas ao forno; a lagosta com ravióli de batata-baroa com gorgonzola; e o arroz com camarões, pimentão, ervilha, vagem e caldo finalizado na brasa (na foto que abre esse post). Para grandes apetites, o chef preparou a Torre Sagrado Mar, dois andares de peixes e crustáceos, como camarões-pistola, lambretas, ostras, vieiras, mexilhões, polvo, tartar de atum e peixe frito.













Uma boa dica para apreciar a diversidade da cozinha do Sagrado Mar é optar pelo menu degustação, servido no almoço e no jantar. O repasto é composto de nove etapas, incluindo couvert, três entradas, um sorbet de tangerina para limpar o paladar, três pratos principais e sobremesa. E começa muito bem, com o drinque Sagrado Mar, uma refrescante mistura de gim, licor 43, aperol, xaropes de toranja e de cupuaçu com maracujá e água tônica. Entre as criações do chef estão o Hot Shrimp, cachorro-quente de camarão com bacon e molho tártaro, no brioche, e a vieira grelhada com capellini ao molho pesto e saladinha de tomates com crocantes de queijo. Uma elegante e cremosa torta de chocolate, com sorvete de paçoca, encerra essa saborosa festa marinha em pleno cerrado.





LEIA TAMBÉM: 5 drinques em lata que você precisa conhecer

Sagrado Mar – 17, SHIS QI 17 – Lago Sul, Brasília, tel. (61) 3202-3256 / sagradomar.com