Guia prático para preparar gim tônica

Um dos maiores clássicos da coquetelaria, o coquetel, leve e refrescante, combina com o clima quente do verão e é simples de preparar. Preparamos esse guia prático para preparar gim tônica, com a história do drinque, 6 gins brasileiros, 6 tônicas especiais e 3 receitas para você fazer em casa 

fotos Shutterstock e Divulgação





Uma dose de gim, três de água tônica, bastante gelo e duas fatias de limão. É só misturar e você acaba de preparar um dos drinques mais clássicos da história da coquetelaria, o gim tônica – ou G&T, para os íntimos. Claro que essa é uma versão simplista da receita, mas esta é a base da bebida criada pelos ingleses há mais de 100 anos e que conquistou o mundo – e o Brasil. “Os brasileiros se afeiçoaram ao gim porque ele um destilado democrático. Combina com vários ingredientes e, com um só produto, você consegue obter drinques de sabores diferentes”, diz Erico de Angelis, sócio da The Gin Flavors (theginflavors.com.br), maior e-commerce de gins e tônicas do Brasil, que envia seus produtos para todo o País via Azul Cargo Express.

Nas estações mais quentes, como este verão, o gim tônica ganha ainda mais protagonismo, superando até o aperol spritz, queridinho imbatível em outras temporadas. De uns dois anos para cá, é comum ver as taças-balão com coloridas combinações ao redor das piscinas e até em barracas de praia – alguns resorts mantêm estações ou carrinhos dedicados ao gim tônica. Com a necessidade do distanciamento social, a facilidade de se preparar o drinque sozinho aumentou sua popularidade. “É um drinque bonito, colorido. Qualquer um pode aprender a preparar seu gim tônica. Você constrói sua bebida, explora ingredientes novos, e só precisa de um dosador para isso”, diz Erico. Segundo ele, o interesse pela bebida cresceu ainda mais durante a pandemia: foram 900% de aumento de vendas no e-commerce desde abril de 2020. O crescimento também atingiu o The Alchemist Club, clube de assinaturas da plataforma, que, de maio a dezembro, ganhou 30 assinantes novos por mês.

Deu sede? Então, pegue sua taça e veja nossas dicas de gins brasileiros, tônicas especiais e receitas dos bares e restaurantes para você fazer seu próprio gim-tônica e curtir o verão.





LEIA TAMBÉM: Como montar um bar em casa





Um pouco de história

Um dos drinques mais clássicos da história da coquetelaria, o gim tônica – quem diria? – surgiu como um… remédio. Na virada do século 19, médicos ingleses receitavam aos soldados britânicos que estavam na Índia altas doses de quinino, misturado a água tônica, para evitar a malária. O remédio, porém, era quase intragável de tão amargo. Daí os oficiais britânicos sugeriram que adicionassem açúcar, limão e gim. As tropas adoraram e a mistura acabou se popularizou no Reino Unido, tornando-se uma das bebidas mais pedidas pelos britânicos.

A fama do gim tônica atravessou fronteiras e ganhou novas versões conforme foi chegando a países mais quentes. Na Espanha virou uma bebida de verão e passou a ser servida na icônica taça balão, na qual é mais fácil sentir os aromas dos botânicos misturados ao drinque. As tônicas também mudaram muito no curso da história, com mais açúcar e concentrações bem menores do amargo quinino – hoje, para evitar a malária, você precisaria tomar 67 litros de gim tônica em um dia! Com a popularização do drinque, foram surgindo marcas de tônicas com novas receitas, bem como gins com composições variadas, novos botânicos e até coloridos. Veja abaixo um guia prático para preparar gim tônica, com dicas de 6 gins brasileiros, 6 tônicas especiais e 3 receitas.





Gins Made in Brazil

O brasileiro se apaixonou pelo gim e ganhou várias marcas nacionais para chamar de suas. Destacamos aqui seis delas, algumas mais recentes, outras já premiadas, para você compor o seu gim tônica:

AT FIVE: Lançado há um ano, já ganhou prêmios em várias competições de gim mundo afora – inclusive de melhor design por suas belas garrafas, todas numeradas. O destilado é bem aromático e leva 12 botânicos, como castanha-do-pará, lavanda, tomilho, pimenta-preta e folha de limão-cravo. (R$ 139,90, 750 ml).

SINGLE FIN: Produzido à mão em uma pequena destilaria no litoral Norte de São Paulo, tem um processo exclusivo de maceração e infusão dos botânicos, que incluem verbena, lavanda, limão siciliano e tangerina, usando água que passa pela serra, na Mata Atlântica. O resultado é um gim cítrico, que celebra o surfe e o mar. (R$ 139, 700 ml)

BEG: É considerado um “gin boutique”, originado a partir de pequenas destilações lentamente conduzidas em alambique de cobre. Entre os botânicos estão folhas de pitangueira, mexerica e sabugueiro-do-brasil. A versão Modern & Tropical ganhou uma cor única, com a adição de flores de ervilha azul, perfeito para fazer G&T. (R$ 99,90, 750 ml)













YELLOW BIRD: Lançado em novembro, é o mais recente gim brasileiro. O destilado é resultado de um processo de small batch, em que cada etapa funciona como uma confecção de pequena escala. Entre os botânicos estão pimenta-da -jamaica, cardamomo, gengibre, laranja serra d’água e limão siciliano. (R$ 104, 750 ml)  

JARDIM BOTÂNICO: Envasado em uma elegante garrafa, que lembra um frasco de perfume dos anos 1920, o gim é destilado em um casarão no Centro de São Paulo. A composição leva 17 botânicos, entre eles o pau-rosa, planta brasileira conhecida por compor o perfume francês Chanel nº 5. (R$ 170, 750 ml)

YVY: Criado e destilado em Belo Horizonte, o gim tem um admirável portfólio de sabores, como a trilogia Mar, um London Dry clássico, com 46% de teor alcoólico; Terra, com mais doçura e pouca acidez, e 19 ingredientes; e Ar, mais frutado e cítrico, com toques de morango silvestre, pitanga e açaí. (R$ 99, 750 ml)













LEIA TAMBÉM: Testamos 5 negronis engarrafados





Tônicas de primeira linha 

Qual é a importância da água tônica no G&T? Bem, o mixer – como também é chamada a bebida na coquetelaria – constitui mais de 70% do drinque! Então é bom caprichar na escolha, principalmente porque hoje temos várias opções de tônicas premium no Brasil: 

RIVERSIDE: Lançada em 2018, essa tônica premium brasileira utiliza quinino natural da Amazônia e óleo de casca de laranja californiana. A linha inclui a Original, a Light (com 34% menos calorias), a Brazilian Ginger e a refrescante Sicilian, feita com limões sicilianos e ideal para G&T. (R$ 9,50, 200 ml)

BRITVIC: O mixer britânico, que existe desde 1938, carrega o Royal Warrant, o selo de qualidade da coroa inglesa. Segundo a empresa, tem até 43% menos calorias do que a média de outras tônicas do mercado, com menor dulçor. No Brasil, há as versões Indian, Low Calorie e Ginger Ale. (R$ 3,90, 220 ml)

BOTÂNICA: Linha de águas tônicas que utiliza ingredientes naturais e 100% importados, como o quinino do Congo, ideais para gim-tônica. São três: a Classic Indian é a tradicional, com baixo teor de açúcar; a Lemon Dry, mais seca, tem um toque de limão-taiti; e a Spicy leva pimentas Timure, do Nepal. (R$7,50, 275 ml)













LONDON ESSENCE: A tradicional marca inglesa de mixers trouxe para o Brasil seis sabores de água tônica, entre elas a Classic London, com notas cítricas de limão, casca de laranja, tomilho e zimbro; a Grapefruit & Rosemary, com toranja e notas de alecrim; e Bitter Orange & Elderflower, com notas de laranja, flor de sabugueiro e um toque de mel. (R$ 10,90, 200 ml)  

INDIAN PRATA: Em 2018, a empresa Águas Prata lançou a linha de mixers, com tônicas, citrus e club soda, para serem usados em coquetéis. Os lançamentos mais recentes são a Ginger Beer e a Tônica Indian, com sabor marcante e mais amargo, ideal para enfatizar as notas do gim, tornando o G&T ainda mais aromático. (R$ 4, 269 ml)

202: Foi uma das primeiras tônicas voltadas para coquetéis lançadas no País, ainda em 2017. Desenvolvida pelo chef Marcos Lee – um aficionado do gim – para a Bebidas Poty, a 202 possui mais quinino do que as marcas tradicionais, com notas cítricas e um toque da flor de sabugueiro. A linha hoje inclui a 202 Ginger Ale. (R$ 3,99, 269 ml)













Receitas:

Gin Tonic Classic

Bar Astor

INGREDIENTES:

50 ml de gim
3 gotas de bitter de laranja
Um twist de limão siciliano
3 semente de zimbro
Água tônica e gelo

PREPARO: 

Esmague levemente as sementes de zimbo e as coloque numa taça com gelo até em cima. Junte a dose de gim, o bitter e complete com água tônica. Decore com o twist de limão siciliano.





Gin Rojo

Restaurante Torero Valese 

INGREDIENTES: 

50 ml de gim infusionado com beterraba* 
200 ml de tônica 
Zest de limão siciliano 
Hortelã, para aromatizar 

PREPARO: 

*150 g de beterraba orgânica 
1 garrafa de gim 
Deixar de um dia para outro infusionando em geladeira. 





Villa Ascenti Gin & Tônica

Restaurante Origem 75 

INGREDIENTES: 

1 dose de gim 
3 uvas verdes cortadas ao meio 
1 ramo de tomilho 
Gelo e água tônica 

PREPARO: 

Coloque as uvas verdes, adicione o gim e coloque gelo até a borda. Complete com água tônica e guarneça com o tomilho. 





LEIA TAMBÉM: Entrevista com Davide Marcovitch, presidente da Chandon