6 dicas de restaurantes ao ar livre

Pátios, jardins, vistas privilegiadas… Confira 6 dicas de restaurantes ao ar livre, que oferecem experiências inesquecíveis com belas e espaçosas áreas externas, tão concorridas nos dias de hoje 

por Bruno Segadilha | fotos  Evelin Fomin, Wagner Ramos, Gui Gomes, Ricardo D’Angelo, Rodrigo Sampaio, Daniel Castellano e Divulgação





Origem 75

Vinhedo

Da varanda, é possível ver um lago e uma horta, de onde vêm alguns itens servidos no restaurante localizado em Vinhedo, a uma hora de São Paulo – a maior parte dos ingredientes orgânicos sai do sítio de Rodrigo Rivelino, um dos três sócios. O lugar possui uma área total de 1.750 m², sendo 40% ao ar livre, com um belo jardim, gazebos, mesas na varanda, dois salões, um bar e espaço para apresentações musicais. O menu, elaborado com a consultoria da chef Renata Cruz, conta com um incrível bufê de saladas e pratos quentes que já vale a viagem. No menu à la carte, há itens como a burrata na lenha com tomate assado, couve-toscana e raspas de limão siciliano, o Tomahawk 850 g feito na parrilla, com purê de cenoura (foto), o galeto na lenha marinado com laranja e servido com farofa. Para finalizar, a torta rústica de maçã assada na lenha, servida com sorvete de baunilha. A casa conta ainda com uma forneria, de onde saem crostatas e paninis produzidos com fermentação natural e um bar que serve drinques preparados com ingredientes da própria horta. Tel. 19 3846 3438 / @origem75 

Ca-já

Recife

Um dos restaurantes mais queridos de Recife é o Cá-Já, no bairro dos Aflitos, que funciona numa antiga casa com salão principal e tem disputadas mesas sob mangueiras no quintal. O chef Yuri Machado cria receitas instigantes a partir de ingredientes locais e memória afetiva. É o caso da galinhada, que chega à mesa como um aromático arroz caldoso de frango, com coxa e sobrecoxa assadas e legumes orgânicos. Outros sucessos da casa são as lambretas mergulhadas num potente molho de vinho branco e dendê (foto), e a favada, uma saborosa mistura de fava, charque, carne de sol e cebola na manteiga de garrafa. Tel. 81 3126 0648 /@vempracaja





LEIA TAMBÉM: Testamos 5 negronis engarrafados





Brasis Ateliê Gastronômico

Brasília

Foi durante uma viagem para a Europa que a chef Di Oliveira se interessou pela gastronomia. Resolveu cozinhar uma feijoada para amigos que estavam com ela, eles adoraram e ela viu que levava jeito para a coisa. As experiências culinárias ficaram restritas aos almoços que dava em casa até Di participar do reality show MasterChef Brasil em 2019. Decidida a seguir a carreira na gastronomia, ela transformou sua casa, que fica em um amplo espaço no Lago Oeste, em restaurante. A parte externa tem um imenso jardim florido e uma área que fica de frente para a Área de Proteção Ambiental do Lago Paranoá. Ali instalou redes para que os clientes possam descansar depois da refeição. Entre as iguarias preparadas por ela estão a couve-flor na manteiga com molho de queijo da Canastra e o Filé do Cerrado, um filé grelhado ao molho de framboesa do cerrado e aligot de queijos emmental e da Canastra. brasis.chefdioliveira.com

Pateo do Palácio

São Paulo

Um dos hotéis mais luxuosos de São Paulo, o Palácio Tangará ganhou, no ano passado, este restaurante ao ar livre. Como o nome sugere, fica ao redor do pátio do hotel, com vista da piscina e do Parque Burle Marx, ao fundo. O projeto da arquiteta Patricia Anastassiadis, também responsável pelas áreas sociais do hotel, harmoniza com o paisagismo proposto por Roberto Riscala, mesclando plantas nativas e exóticas, como jabuticabeiras, camélias, jasmins e gardênias. O espaço conta com um ótimo cardápio que foi elaborado pelos chefs Jean-Georges Vongerichten e Felipe Rodrigues, que também assinam o menu do restaurante Tangará Jean-Georges. Entre as criações da dupla, estão o saboroso pappardelle com bolonhesa de cogumelos e queijo pecorino e os camarões salteados com bottarga e aioli, o arroz de polvo com pururuca de robalo e a coxinha de frango com caviar (foto). O Pateo também serve pizzas, sanduíches e sobremesas inspiradas, como o mil-folhas de doce de leite e avelãs com creme de baunilha. Tel. 11 4904 4040 / @palaciotangara





LEIA TAMBÉM: Enciclopédia dos Bolos traz 240 receitas





Quintana Gastronomia

Curitiba

Em suas criações, a chef Gabriela Vilar de Carvalho quer ir além do paladar. A ideia é fazer o cliente refletir, lembrar de momentos importantes da sua vida e sentir prazer na alimentação, com uma cozinha sustentável e, sempre que possível, com ingredientes orgânicos. O jardim impressiona com um espaço cheio de flores, árvores frutíferas e um ecodeque regado por uma queda-d’água com água reaproveitada da chuva. Na hora do almoço, a Mesa Gastronômica muda diariamente. Segunda-feira, por exemplo, é dia de pratos com inspiração mediterrânea, como o ratatouille, o filé de tilápia ao molho de azeite extravirgem, tomates, alcaparras e cebola roxa, e a salada de grãos com azeitonas. Aos sábados é servida uma feijoada com feijão orgânico e carnes nobres e, aos domingos, assados e pratos especiais inspirados no Nordeste e em outras partes do Brasil. Tel. 41 3078 6044 / @quintanagastronomia

Aprazível

Rio de Janeiro

No começo eram apenas reuniões para amigos. Depois, os eventos em casa e os pratos da chef Ana Castilho ficaram tão famosos que ela transformou o espaço em restaurante. Além da ótima comida, o Aprazível chama a atenção pela impressionante vista do Rio. Do jardim tropical com mesas de madeira é possível observar de cima as casas históricas de Santa Tereza e a Baía de Guanabara. A área externa conta também com cadeiras feitas de troncos de madeira e com gazebos para os clientes tomarem um drinque observando a Cidade Maravilhosa aos seus pés. No cardápio, itens que mesclam pratos da cozinha mineira com o de outras regiões do País, com destaque para a Galinhada Caipira, um arroz de galinha caipira e linguiça artesanal feita na casa, acompanhada de couve refogada, feijão-surpresa, banana-da-terra assada e geleia de pimenta dedo-de-moça. Vale experimentar também o Palmito Fresco Assado, servido na telha de bambu com pesto de azeite, manjericão e castanha-de-caju. Tel. 21 96741 3850 / @aprazivel