azul mala de mão

Mala de mão: tudo o que você precisa saber

Contar com uma mala de mão nas viagens é sempre uma boa ideia. Esse é aquele tipo de bagagem que não precisa ser despachada nos voos e pode ser levada sem cobrança de taxas.

Isso acontece porque a mala de mão costuma ser pequena. Assim, você consegue acomodá-la no bagageiro acima das poltronas do avião sem nenhum problema e pode ter um fácil acesso aos objetos que vai usar durante o voo.

No entanto, como saber quais são as regras para levar uma mala de mão nas viagens? A seguir, veja algumas dicas da Azul para levar bagagem em avião!





Quais são as regras para mala de mão em voos nacionais?

A maior parte das regras para mala de mão é a mesma nas companhias aéreas do Brasil. Ou seja, quase tudo o que você ler aqui vale para onde quiser viajar em território nacional.

Para começar, é interessante destacar que você não deve não manter a mala de mão com você, nas poltronas, mas sim colocá-las no bagageiro dentro do avião.

Já as mochilas e bolsas, com itens de uso pessoal, podem ficar na parte inferior da poltrona à sua frente. Casacos podem ser mantidos no colo, sem problema algum.

Independentemente do tipo de bagagem que você decidir levar consigo no avião, sem despachá-la no check-in, é preciso atender às condições que separamos a seguir!

Medidas

A maior mala que você pode levar na mão, dentro de um avião, é a que tem as seguintes medidas:

  • 35 cm de comprimento;
  • 25 cm de largura;
  • 55 cm de altura.

Lembre-se de que as medidas contam toda a extensão da bagagem, incluindo as rodinhas, as alças e qualquer outro acessório. Por isso, mala ou mochila, é importante que o seu tamanho seja igual ou menor que esse padrão estabelecido.

Peso

Também existem regras em relação ao peso da bagagem de mão. A mala ideal para subir com você no voo é a que pesa até 10 kg. Por isso, é uma boa ideia evitar colocar muitos itens pesados em bagagens que não serão despachadas.

No entanto, se não existir outra opção, e a mala de mão ultrapassar esse peso, ela deverá se tornar uma bagagem despachada, com pagamento de tarifa, e viajará adequadamente na parte de cargas do avião.

Itens permitidos

Se a sua dúvida é sobre o que levar ou não levar na mala de mão, vale a pena conhecer os itens permitidos. Uma das principais questões dos clientes é se pode colocar guarda-chuvas nesse tipo de bagagem, e a resposta é: sim. Só que, para isso, é preciso que o objeto seja pequeno e não tenha pontas.

Medicamentos e líquidos também podem ser levados nas malas de mão em voos nacionais, independentemente da quantidade. O que você precisa prestar atenção é no peso total e no volume:

  • todos os produtos líquidos da bagagem não podem ultrapassar 1,2 kg ou 1,2 L;
  • cada produto deve ter, no máximo, 300 g ou 300 ml.

Alimentos também podem ser levados na bagagem de mão em voos nacionais. Mas é interessante evitar aqueles produtos com cheiro forte, pois o avião não tem ventilação interna e o odor pode incomodar você e as demais pessoas.

Bebidas alcoólicas também são permitidas em voos nacionais, desde que atendam às condições;

  • teor alcoólico de até 70%;
  • quantidade máxima de 5 garrafas, com limite de 1 litro cada.

Outro tipo de item que você pode levar na bagagem de mão são os equipamentos eletrônicos. Por serem mais sensíveis, é melhor deixá-los em um local que não ofereça risco de danos.

Itens proibidos

Existem, no entanto, uma série de itens que você NÃO pode levar na mala de mão. Veja só a lista:

  • armas de fogo — réplicas, mesmo as de brinquedo, também são proibidas;
  • objetos com ponta afiada e/ou de corte, como tesouras, canivetes e alicates de unhas;
  • produtos inflamáveis;
  • venenos;
  • isqueiros;
  • ferramentas de construção;
  • sprays;

Quanto aos aerossóis, eles são permitidos apenas para uso médico ou de higiene pessoal. Nas bagagens de mão em voos nacionais, cada pessoa pode levar até 4 frascos, com limite de 300 ml ou 300 g. 





Quais são as regras para mala de mão em voos internacionais?

Agora, quando o assunto é viagem internacional, algumas regras mudam. Isso vale também para as companhias aéreas brasileiras que contam com voos para fora do país ou que tenham uma conexão em território estrangeiro.

A maior parte das restrições é a mesma nas empresas de voo do Brasil. No entanto, as companhias internacionais podem definir algumas regras a mais, que podem variar de uma para outra. Por isso, é sempre interessante conferir as normas antes de arrumar as malas.

Medidas

As medidas máximas permitidas para malas ou mochilas em voos internacionais são as mesmas que para as viagens nacionais: 35 cm X 25 cm x 55 cm, sendo, respectivamente, o comprimento, a largura e a altura.

Peso

O peso máximo que você pode levar em uma bagagem de mão também é de 10 kg em viagens internacionais. Caso contrário, é preciso despachar a mala junto às outras mais pesadas.

Itens permitidos

Itens de uso pessoal, principalmente medicamentos, podem ser levados tranquilamente na mala de mão. Só que, para produtos de higiene em forma líquida, há um novo limite. Os frascos podem ter, no máximo, 100 ml ou 100 g, e precisam estar em uma embalagem transparente e plástica.

Vale destacar também que não é possível levar mais de 1 litro de líquidos, somando o volume de todos os produtos em uma bolsa de mão. Para os medicamentos, é interessante ter uma prescrição médica, tanto em português quanto em inglês, e a nota fiscal da compra dos remédios, sempre que possível.

Quanto a alimentos, os locais de destino podem ter algumas restrições. Por isso, vale a pena ficar de olho. Antes de entrar no voo, pesquise sobre os alimentos que o país de chegada não permite.

Itens proibidos

Há também os itens que você não deve, em nenhuma hipótese, carregar em uma bagagem de mão. No geral, são os mesmos objetos proibidos nas viagens nacionais. Além disso, bebidas alcoólicas não são permitidas na mala de mão em voos internacionais. Caso você precise levá-las, elas devem ser despachadas.

Agora sim, você já sabe tudo o que precisa a respeito dos cuidados que deve ter com a mala de mão nos voos nacionais ou internacionais. Prestar atenção às regras, com certeza, vai evitar desconfortos na viagem e tornar a experiência ainda mais agradável.





Gostou deste post? Então aproveite a visita e curta também nossa página no Facebook para não perder nenhuma novidade!