Tudo sobre o Jardim Botânico de Curitiba

Saiba tudo sobre o Jardim Botânico de Curitiba que, graças à imponente estufa e aos jardins geométricos, virou um dos principais cartões-postais da capital paranaense

fotos Shutterstock





Com o nome oficial de Jardim Botânico Francisca Richbieter, o local foi inaugurado em 5 de outubro de 1991, ocupando uma área total de 278 mil m², incluindo um bosque. 





O ponto mais visitado é sua estufa de ferro e vidro. O projeto é do arquiteto Abrão Assad, inspirado no Palácio de Cristal de Londres, erguido no séc. 19. A impressionante estrutura possui três abóbodas em estilo art nouveau. 





Com área de 458 m², a estufa climatizada tem passarelas para a observação de espécies botânicas típicas da Mata Atlântica, como caraguatá, caetê e palmito. Do lado de fora fica o jardim em estilo francês, com canteiros geométricos, chafarizes e a estátua Amor Materno, do artista polonês João Zaco Paraná.





Em 2008, foi aberto ali o Jardim das Sensações, uma trilha de 200 metros que o visitante pode percorrer de olhos vendados. O objetivo é despertar o olfato e o tato por meio do contato direto com plantas de diferentes formas, texturas e aromas. 





Quer conhecer Curitiba? Reserve já suas passagens no site da Azul ou programe uma experiência completa na Azul Viagens.









LEIA TAMBÉM: 7 curiosidades sobre o Cristo Redentor