Os encantos da Serra Gaúcha

Montanha, friozinho, chocolate e bons vinhos são atrativos que remetem à Serra Gaúcha. Mas há muito mais a ser explorado nesse destino, um dos mais visitados do Brasil. De parques temáticos a cervejarias artesanais, atrações não faltam. Até um simples passeio de patinete na cidade pode se revelar um delicioso programa

texto e fotos Marcelo Katsuki 





Catedral de Pedra, em Canela

À primeira vista, a Serra Gaúcha se mostra o destino ideal para quem procura sossego e rica gastronomia em um cenário que remete às paisagens europeias. Mas a região reserva atrações surpreendentes que merecem ser exploradas, como os cânions de Cambará do Sul e o novíssimo Skyglass, plataforma de vidro suspensa a 360 metros sobre o Rio Caí, com uma vista de tirar o fôlego.





Gramado

Situada a 100 km de Porto Alegre, a cidade é conhecida por sua arquitetura germânica, seu festival de cinema e pelo Natal Luz, quando a cidade se enfeita para celebrar o final do ano. Impossível falar de Gramado e também não se lembrar de suas fábricas de chocolate, que oferecem experiências que vão além do bombom. No Mundo de Chocolate da Lugano, famosas paisagens do mundo, como o Corcovado e as pirâmides do Egito, são representadas em peças de chocolate maciço. O ingresso dá direito a uma degustação no final do passeio. A Prawer também marca presença em toda a cidade com suas lojas elegantes, enquanto a Fabulosa Loja de Chocolates da Caracol encanta com sua cenografia de conto de fadas. 

A Brocker Turismo, o maior receptivo da região, oferece vários passeios para você conhecer Gramado. Uma maneira divertida de passear pela cidade é a partir do tour de patinete elétrico. Depois de um rápido treinamento, o guia acompanha o grupo num roteiro pela avenida principal, que segue para o bucólico Bairro Planalto até chegar ao Lago Negro. Uma experiência revigorante. Mas para circular tanto por Gramado como por Canela com praticidade há o Bustour, ônibus de dois andares que interliga os principais pontos turísticos, com bilhete que vale para o dia todo. Já para os apaixonados por adrenalina e velocidade, é possível alugar qualquer uma das mais de 30 máquinas expostas no Salão Super Carros. Há Ferraris, Lamborghinis e Maseratis disponíveis para drive experiences, além de outras atrações, como games e simuladores. 

E você sabia que em Gramado há um museu de cera com réplicas de celebridades como a rainha Elizabeth II e o cantor Michael Jackson? Trata-se do Museu de Cera Dreamland, uma curiosa atração da cidade. Em Gramado fica também o Snowland, primeiro parque de neve indoor das Américas. Com temperaturas que chegam a -5° C , o espaço proporciona a real sensação de esquiar em uma montanha. 













E como o frio desperta o apetite, não faltam opções de bons restaurantes. As tradicionais galeterias, como a Casa di Paolo e a Nonno Mio, fazem sucesso com seus rodízios de grelhados e massas. Uma boa novidade é a Hector Pizzaria, que encanta as crianças com seu ambiente mágico e atendentes fantasiados de aprendizes de bruxo. Para refeições acompanhadas de bons vinhos, o Restaurante Malbec é uma opção certeira com sua sequência de fondues, assim como o concorrido Josephina Café e Restaurante, com seus caprichados pratos. Dois restaurantes de hotéis merecem destaque: o Wood Lounge Bar & Restaurante, do Hotel Wood, com a “cozinha de natureza” do chef Rodrigo Bellora, e o La Caceria, elegante restaurante dedicado às carnes de caça do Hotel Casa da Montanha. Um achado são os Fornos de Gramado, localizados na Casa do Colono, que produz pães, cucas e biscoitos em fornos a lenha que perfumam a tarde na Praça das Etnias.





Cascata do Caracol, em Canela, vista a partir do Vale da Lageana

Canela

A cidade fica a apenas oito quilômetros da vizinha Gramado e elas estão interligadas por uma via ocupada por hotéis, lojas e atrações turísticas, como o Mundo a Vapor, parque que conta a história da evolução industrial a partir das máquinas a vapor, e o Parque Terra Mágica Florybal, que proporciona uma viagem à era dos dinossauros, explorando a rica natureza da região. 

Um dos cartões-postais de Canela é a Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, ou Catedral de Pedra, como é conhecida. Com estilo gótico inglês e torre com 65 metros de altura, é um marco visual na cidade, com seu carrilhão com 12 sinos de bronze vindos da Itália. Próximo à catedral encontra-se o restaurante Magnólia, que ocupa um amplo casarão construído em 1958. A decoração em estilo retrô é um atrativo à parte, mas a casa conta ainda com a cozinha contemporânea da chef Roberta Rech, também responsável pelo Empório Canela. Outra dica local é a Cervejaria do Farol, pioneira na produção de cerveja artesanal na Serra Gaúcha e que conta com bonitos salões, além de um mirante.

Mas a cidade destaca-se também por suas atrações junto à natureza, como o Parque da Ferradura, onde foi montado o Skyglass, uma plataforma de vidro que avança 35 metros sobre o vale, a uma altura de 360 metros. É possível apreciar a paisagem caminhando sobre um piso de vidro ou sentado em uma cadeira suspensa que se move em um monotrilho, o que garante fortes emoções. A Cascata do Caracol é outro programa imperdível. Localizada no Parque Estadual do Caracol, oferece um espetáculo que pode ser observado a partir do mirante dos Bondinhos Aéreos Parques da Serra. E que tal cavalgar pelos campos enquanto curte o pôr do sol e a brisa fresca? Na Fazenda Parque da Serra isso é possível. Você vai se desligar de todos os problemas e se conectar com a natureza numa experiência renovadora.













Bento Gonçalves

Destino obrigatório para os amantes do vinho, Bento Gonçalves reúne importantes vinícolas que vêm investindo cada vez mais na melhoria de sua produção, assim como no enoturismo. A Vinícola Cristófoli, por exemplo, oferece o Wine Safari, um tour pelo vinhedo a bordo de um reboque puxado por trator, com direito a um piquenique com produtos caseiros, vinhos e sucos. Na volta, há um almoço harmonizado com pratos preparados pelas mammas da casa. 

Na Vinícola Cainelli, a diversão fica por conta da vindima, quando é feita a colheita no parreiral com direito a pisa da uva e degustação dos vinhos. Outra experiência oferecida é o Cordeiro e Vinho, um jantar hamonizado realizado no jardim da vinícola.













Duas grandes produtoras oferecem passeio pelas instalações com degustação dos vinhos. Na Salton, maior vinícola familiar da região, o destaque é para o Tour Gerações, em que as provas acontecem em uma imponente sala secreta. Também é possível realizar degustações na loja, no Tour Intenso. A Casa Valduga, segunda em número de visitantes, oferece uma incursão nas instalações em um tour para iniciantes, bastante didático, com algumas pausas para degustação.





Maria Fumaça que realiza passeios turísticos com shows musicais

Pequena e bastante aprazível, a vinícola Marco Luigi ocupa um terreno privilegiado e dispõe de diversas áreas para apreciação de seus vinhos. Já se você não quiser sair da cidade, a Aurora, maior vinícola do País, com 1.100 famílias associadas, fica na área urbana, com fácil acesso. Possui 13 linhas diferentes que podem ser adquiridas a bons preços em sua loja. E, claro, come-se bem na cidade. Um dos restaurantes mais agradáveis é o Giordani Gastronomia Cultural. Seu almoço típico traz uma sequência de massas e grelhados em que se destacam a picanha de cordeiro e a polenta brustolada com queijo. O casarão é feito com madeira de pipas antigas, o que confere um charme ao local. No roteiro Caminhos de Pedra, encontram-se diversas lojas e restaurantes que ocupam edificações históricas. A Casa da Ovelha oferece degustação de diversos produtos, como iogurtes, queijos e sorvetes, além de apresentações de pastoreio com cães da raça Border Collie. Para um almoço com bela cenografia, a dica é a Casa Angelo, que oferece uma variedade de massas, risotos e carnes em um casarão de 1889, feito de pedras de basalto. O bairro é considerado patrimônio histórico e cultural do Rio Grande do Sul, sendo o berço da imigração italiana em Bento Gonçalves. 

Um passeio indicado para toda a família é o Trem do Vinho, uma viagem de Maria Fumaça com apresentações musicais e com serviço de vinhos e sucos, oferecido pela Giordani Turismo e Eventos. Perto da estação fica o Parque Epopeia Italiana, uma atração que conta a história de um casal de imigrantes representada em filmes e cenários que emocionam a plateia. 





Cambará do Sul

Conhecida como a “Terra dos Cânions”, está localizada a 185 quilômetros de Porto Alegre e a uma altitude de 1.019 m, sendo uma das regiões do País com mais baixa temperatura no inverno. É lá que se encontram os cânions Itaimbezinho e Fortaleza. O primeiro, no Parque Nacional de Aparados da Serra, a 18 km do centro de Cambará, tem boa estrutura, com Centro de Visitantes, área para recreação e boa sinalização. A entrada é gratuita e a trilha mais curta contorna o precipício com três mirantes para apreciação da paisagem, sem grande esforço físico. 













Já no Parque Nacional da Serra Geral fica o Cânion Fortaleza, um pouco mais distante, a 24 km da cidade. Ao contrário do Itaimbezinho, não possui estrutura turística e nem grade de proteção, mas possui uma vista espetacular, com paredões e platôs que avançam até onde sua vista pode alcançar. 

No caminho dos parques, pode-se tomar um café com gostosas guloseimas no Sabores da Querência, pequena fábrica artesanal de geleias, sorvetes e antepastos que oferece ainda uma surpreendente degustação harmonizada. Para almoços ou jantares com uma bela vista, a dica é o restaurante Alma RS, com uma cozinha que resgata as receitas e os ingredientes do Sul. O restaurante fica dentro do Parador, hotel inspirado nos lodges africanos, com construções distibuídas sobre o relevo de forma a valorizar a paisagem e sua contemplação. É a perfeita tradução do glamping, união das palavras glamour e camping, proporcionando uma integração impecável do hóspede com a rica natureza local. 

Quer conhecer a Serra Gaúcha? Reserve já suas passagens no site da Azul ou programe uma experiência completa na Azul Viagens.