7 curiosidades sobre o Cristo Redentor

Conheça 7 curiosidades sobre o Cristo Redentor, um dos principais cartões-postais do Rio de Janeiro. O monumento, que recebe cerca de 2 milhões de turistas por ano, está localizado no Parque Nacional da Tijuca e foi eleito uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno

fotos Leo Lemos





O Cristo Redentor é a maior estátua no estilo Art Déco do mundo. Tem 30 metros de altura, além dos 8 metros do pedestal. Mede 28 metros de uma mão à outra e pesa 1.145 toneladas. O monumento fica no topo do Morro do Corcovado, 710 metros acima do nível do mar.





A estátua levou nove anos para ser inaugurada – cinco deles dedicados à construção. As obras terminaram em 1931 e foram financiadas, em grande parte, pela própria população, graças a uma campanha de arrecadação criada pelo Círculo Católico do Rio de Janeiro, em 1920. O monumento foi inaugurado dia 12 de outubro de 1931, dia de Nossa Senhora Aparecida.





O engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa foi responsável pelo arrojado projeto arquitetônico: a estátua é capaz de aguentar ventos de até 250 km/h, o equivalente a um furacão de categoria 5. O Cristo Redentor tem estrutura concreto armado e é revestido com placas triangulares de pedra-sabão. Por dentro, a edificação é oca, com 4 pilares de sustentação, vigas diagonais e 12 lajes, ligadas por escadas.





O projeto da estátua é brasileiro, mas ela foi esculpida na França, pelo escultor franco-polonês Paul Landowski. Ele usou as mãos da poeta Margarida Lopes de Almeida como modelo para as mãos do Cristo. – cada uma mede 3,2 metros Já o rosto foi criado por um dos membros da equipe de Landowski, o escultor romeno Gheorghe Leonida.





A estátua foi separada em diversos pedaços para ser transportada até o Brasil As pesadas peças foram transportadas até o topo do Corcovado pelo trem, que funciona até hoje. A equipe, liderada pelo engenheiro mestre de obra Heitor Levy, contava com cerca de mil pessoas, entre operários, arquitetos e engenheiros.





LEIA TAMBÉM: 6 curiosidades sobre a Torre de Belém





No interior da 9ª laje, na altura do peito do Cristo Redentor, há um coração com cerca de 1,3 m, também revestido com azulejos de pedra-sabão, visível apenas de dentro da edificação. Dentro do coração, há uma garrafa com a árvore genealógica de Heitor Levy, como sinal de sua fé: na época da construção, Levy – que era judeu – sofreu um acidente de carro e, ao escapar com vida, converteu-se ao catolicismo.





A cabeça da escultura mede 3,75 m e pesa 30 toneladas. Ela foi feita com 50 peças, é oca e tem uma saída para o topo da estátua. Acima da cabeça do Cristo Redentor, há uma coroa de espinhos, Ela também serve como para-raios, uma vez que é o ponto mais alto da cidade do Rio de Janeiro.

Deu vontade de ir ao Rio de Janeiro? Aproveite para reservar sua passagem aérea neste LINK. Ou clique no banner abaixo para programar seu pacote com a Azul Viagens.