5 razões para visitar Canoa Quebrada

Um dos destinos mais procurados do Ceará, o vilarejo fica no município de Aracati, que recebe voos diretos da Azul a partir de Campinas (SP). Conheça 5 razões para visitar Canoa Quebrada e passar ali suas férias merecidas

por Bruno Segadilha | fotos Shutterstock





Águas cristalinas, sol o ano inteiro e uma agitada vida noturna. Foi com características como essas que Canoa Quebrada transformou-se em um dos destinos mais badalados do litoral cearense, atraindo, todos os anos, milhares de turistas a Aracati, município que recebe voos diretos semanais da Azul desde o aeroporto de Viracopos, em Campinas (São Paulo).

Antiga vila de pescadores, o local tornou-se reduto dos hippies e dos alternativos na década de 70 graças às belezas naturais e à hospitalidade do seu povo. Não demorou para que visitantes brasileiros e do mundo voltassem seus olhos para o lugar e o elegessem como point. Uns chegam lá atrás da boa gastronomia e da badalação. Outros procuram descanso à beira-mar. Há ainda os que querem passear por suas areias e observar as imensas falésias vermelhas. Para aproveitar as férias de verão, indicamos cinco motivos que fazem de Canoa Quebrada um dos lugares mais interessantes do Ceará.





1. PAREDÕES E PRAIAS

O visual impressiona. São alguns quilômetros de falésias vermelhas, com mais de 30 metros de altura. Quem visita a praia de Canoa Quebrada não se esquece da imponência desse cenário natural. Não se esquece também do mar de águas mornas e cristalinas e da areia fofinha. Os quiosques da orla oferecem boas opções de pratos e petiscos, além de uma grande variedade de bebidas, para os que planejam passar mais tempo por ali. Para quem quer observar a paisagem de cima, vale a pena percorrer a passarela de madeira erguida sobre as falésias que leva até o mirante, com uma vista privilegiada do Oceano Atlântico.

Pertinho dali ficam duas outras praias badaladas do Leste cearense. Em Morro Branco, a graça é conhecer o Monumento Natural das Falésias e caminhar entre os paredões coloridos até chegar à praia, onde ficam bugueiros esperando para levar os turistas até a próxima parte do passeio. De lá, o roteiro segue para a vizinha Praia das Fontes, com suas pequenas grutas, e termina nas dunas e nas lagoas de água doce da Praia do Uruaú.





LEIA TAMBÉM: Dicas para curtir Jericoacoara de dia e à noite





2. ARTE NA RUA

Canoa Quebrada é conhecida pela figura da estrela envolta pela lua crescente esculpida em uma de suas falésias – um ponto procurado por turistas para fazer a foto clássica do destino. Algumas teorias explicam a origem desse símbolo. A mais conhecida é a de que ele foi trazido por um casal estrangeiro que visitava o local e pediu que o artesão Chico Eliziário (1916-1990) fizesse anéis com osso de tartaruga. O enfeite fez tanto sucesso que Chico recebeu pedidos de vários moradores e visitantes e o símbolo transformou-se em marca do lugar. Anos mais tarde, Chico esculpiu a figura que fica em uma das falésias e se tornou cartão-postal de Canoa Quebrada.





3. NATUREZA E AVENTURA

Os ventos tranquilos e constantes fazem de Canoa Quebrada um dos melhores lugares para a prática de parapente. Do alto, é possível ver o contraste entre o turquesa do mar e o vermelho das falésias. Outra dica é fazer um passeio de jangada no mar cearense, programa típico da região e ideal para os dias em que as águas estão mais tranquilas. Prefere terra firme? Aposte então no giro pelas praias da região feito com bugue. O trajeto inclui vilarejos como Majorlândia e Ponta Grossa.













4. VISTAS PRIVILEGIADAS

A Duna do Pôr do Sol é um dos melhores pontos para relaxar e curtir o fim de tarde. Além de ser um lugar de fácil acesso, garante belas fotos e selfies divertidas. Nas noites claras, sem nuvens, o céu estrelado encanta os visitantes e os casais que vão ali em busca de momentos românticos. Reza a lenda que os namorados que assistem juntos a esse espetáculo da natureza acabam se casando depois.













LEIA TAMBÉM: As melhores atrações da Chapada Diamantina





5. RICA GASTRONOMIA

É verdade que, por ser um vilarejo litorâneo, Canoa Quebrada tem uma culinária dedicada ao mar. Principalmente durante o dia, os cardápios de seus restaurantes e das barracas são repletos de peixes, camarões e lagostas, entre outros frutos do mar. À noite, fervem os restaurantes de várias culinárias, muitos deles na famosa Broadway, principal rua de Canoa. Aposte na cozinha italiana do Mezza Luna, nas pizzas e massas do Páprika, nos pratos variados e drinques do Café Habana e nas carnes do El Argentino.

Quer conhecer Canoa Quebrada? Reserve já suas passagens no site da Azul ou programe uma experiência completa na Azul Viagens.