CrossFit: o que é verdade ou fake news?

Prática que mistura ginástica, levantamento de peso e outras modalidades de esporte, o CrossFit já conquistou milhões de adeptos no mundo todo. Conheça alguns mitos e verdades sobre o método

por Bruno Segadilha | fotos Shutterstock





Esqueça os aparelhos e as repetições das academias tradicionais. Os praticantes de CrossFit costumam usar equipamentos mais prosaicos em seus treinos, como cordas, barras de ferro e pneus. Criado na Califórnia há mais de duas décadas pelo estadunidense Greg Glassman, ex-atleta e ex-treinador de ginástica artística, o método mistura levantamento de peso olímpico, ginástica, atletismo e outras modalidades de atividades de alta intensidade. Graças a esse dinamismo, a prática vem ganhando cada vez mais popularidade ao longos dos anos. 

O Brasil é o segundo país do mundo com maior número de boxes, com 1.055 espaços licenciados pela CrossFit Incorporation, empresa que detém a marca – o País fica atrás apenas dos Estados Unidos, que possui mais de 7 mil centros fitness do tipo. No total, a marca está presente em 154 nações, com quase 15 mil boxes. Apesar disso, o método ainda causa algum receio em quem pretende praticá-lo. Conversamos com o especialista em medicina do esporte Adriano Basile Lotfi para entender o que é fakenews e o que é verdade sobre o CrossFit. 





QUALQUER UM PODE FAZER CROSSFIT

VERDADE O método pode ser praticado por pessoas sedentárias ou mesmo com alguma limitação física. O importante é saber respeitar seus limites em relação a cargas e aos próprios exercícios executados a cada dia. Por isso, antes de começar este ou qualquer tipo de atividade, é importante procurar um médico e um profissional de educação física e fazer uma avaliação. “O CrossFit é uma modalidade inclusiva, logicamente com as devidas adaptações de carga e de circuitos”, diz Adriano Basili. 





PARA OBTER RESULTADOS EFETIVOS É PRECISO PRATICAR TODOS OS DIAS

FAKE Como qualquer exercício físico, o descanso faz parte do treino. Segundo Adriano Basili, o mais comum é alternar três dias de prática com um de descanso. “Para os iniciantes eu aconselharia intercalar os dias de descanso, treinar apenas três vezes na semana.” 





O CROSSFIT CAUSA MAIS LESÕES DO QUE AS OUTRAS ATIVIDADES

FAKE Um artigo da revista Orthopaedic Journal of Sports Medicine afirma que 31% dos praticantes de CrossFit já sofreram alguma lesão desde que começaram a treinar, número similar ao de modalidades como musculação, triatlo, corrida e ginastica artística. “O aluno tem que respeitar seus limites e procurar desenvolver consciência corporal, além de trabalhar com um coach capacitado.” 





QUEM TEM PROBLEMAS NA COLUNA DEVE EVITAR

VERDADE Dependendo da patologia e da gravidade, é melhor evitar exercícios de alto impacto. Mas, dependendo do diagnóstico, é possível, sim, praticar um treino com adaptações de movimentos e de carga. Daí, a importância de um treinador capacitado, que saiba identificar, ao lado do aluno, o melhor circuito. 





CROSSFIT DEIXA O CORPO MUITO MUSCULOSO

FAKE Tudo depende do objetivo e das cargas com que cada um treina. Além do tônus muscular e da perda de massa gorda, a modalidade melhora a coordenação motora, o fôlego e a agilidade. 





LEIA TAMBÉM: 5 fatos sobre a maca peruana